Dievole Novecento Chianti Classico Riserva 2010

 

 

20180517_1858411
Um Chianti encantador!

 

O vinho que hoje compartilho com vocês é um magnífico Chianti Classico Riserva 2010 da vinícola Dievole. Degustei-o com uma tábua de queijos artesanais da região mineira da Canastra. Entre os quatro queijos escolhidos, um em especial fez um casamento perfeito com o Chianti. Foi o Capela Velha, produzido em São Roque de Minas, na fazenda São Bento Capela Velha. Mas isso é assunto para um outro “post”, que logo compartilharei com vocês.

Voltando ao vinho em questão, Chianti é uma vasta área na Toscana, Itália. É dividida em sete sub-zonas, cada uma produzindo seu vinho Chianti com nome e rótulo específicos.

O Chianti Clássico, por sua vez, se estende entre Florença e Siena e inclui apenas 14 municípios: todo o território de Greve in Chianti, Castellina in Chianti, Gaiole in Chianti e Radda in Chianti, e parte do território de Barberino Val d’Elsa, San Casciano em Val di Pesa e Tavarnelle Val di Pesa dentro da Província de Florença, e parte do território de Castelnuovo Berardenga e Poggibonsi na província de Siena.

O vinho é produzido nesta área há mais de 2000 anos, desde a época etrusca. Esta região da Toscana foi nomeada Chianti e reconhecida como uma região vinícola desde o século XIII e suas fronteiras foram definidas em 1716 por um decreto emitido pelo grão-duque Cosimo III de Medici.

O que torna o Chianti Clássico tão único em comparação com outros vinhos Chianti é o inconfundível rótulo com o selo do Galo Negro. Este rótulo específico é o símbolo do Consórcio de Vinhos Chianti Classico, fundado em 1924 para proteger e promover este produto e evitar fraudes.

 

Chianti labels with the DOCG
O selo do Galo Negro afixado no gargalo das garrafas é a marca registrada dos vinhos Chianti Classico

Em 1984, Chianti obteve a denominação DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida), que é o mais alto tipo de proteção e reconhecimento para vinhos italianos de qualidade.

O Chianti Clássico é um vinho DOCG que apresenta peculiaridades e características únicas. Assim, não é suficiente ser produzido dentro da região de Chianti para ser chamado de “Clássico”. Na verdade, o vinho Clássico tem que respeitar regras específicas. Sua mistura é de no mínimo 80% de Sangiovese, a uva tinta típica desta área, complementado em até 20% de outras castas, que podem incluir as autóctones italianas e variedades internacionais como Cabernet Sauvignon e Merlot.

Degustar uma taça de um Dievole “Novecento” é degustar um pedaço de história. Seu nome foi escolhido literalmente para celebrar os 900 anos de trabalho em prol do vinho na vinícola Dievole. A história desse produtor começou no ano 1.090 e até hoje permanece produzindo vinhos de qualidade na região de Chianti Classico. Sua elaboração se dá com um mínimo de 90% Sangiovese, sendo completado por pequenas parcelas de castas autóctones como Canaiolo e Colorino. De classificação Riserva, é maturado por um período de 24 meses, dos quais 17 em carvalho francês.

No aroma, notas de cogumelo e nuances terrosas se misturam com cerejas frescas, eucalipto, anis e defumado. Na boca revela taninos abundantes e granulados, além de uma acidez majestosa. O excelente equilíbrio entre fruta e madeira nos presenteia com sabores de amarenas (um tipo de cereja selvagem), tabaco e um final de alcaçuz. Um vinho realmente marcante.

Este Chianti Clássico Reserva Novecento, da Dievole, recebeu 93 pontos da Revista Adega, que salienta, ainda, seu potencial de envelhecimento. Para mim, também, é um vinho singular. Saúde!

https://vinhosmundi.com.br/

 

 

2 comentários Adicione o seu

  1. Luiz Meirelles disse:

    Este é um exemplo de que nem só de supertoscanos e brunellos, vivem os que apreciam bons vinhos italianos. Conseguiram apagar a velha imagem da garrafa revestida com palha que continha, e ainda contém, vinhos sem expressão alguma.

    Curtir

    1. Verdade, Luiz. Ja tomei bons Chiantis, mas este valeu mais que a pena.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s